segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Mêda. Povo canta Grândola contra o fecho do tribunal.

Mêda contra o fecho do tribunal.Fev.2014

Promovida pela Câmara Municipal de Mêda, realizou-se hoje um protesto com centenas de manifestantes, junto ao tribunal local.

A manifestação entoou a Grândola para reclamar a manutenção do tribunal.

Com o encerramento do tribunal de Mêda abandona-se um edifício inaugurado há uma dúzia de anos. Os habitantes e os seus autarcas prometem continuar a lutar contra a política do governo de Passos Coelho - de promover a “morte do interior”.

Foi anunciado pelo autarca Anselmo Sousa; uma providência cautelar, o lançamento de uma petição pública e o pedido de audiências com os grupos parlamentares. Prometeu ainda que outras formas de luta “virão a seu tempo”.

A direita que está a destruir Abril e o país, ainda vai ouvir muitas vezes cantar a Grândola.



Para ver últimos posts clicar em – página inicial





1 comentário:

Teresa Baptista disse...

Tem piada! Por acaso até acho que esquerda e direita têm tabalhado muito bem e concertadamente para destruir Abril, isto é têm feito consequentes esforços para alternar na dança das cadeiras em S. Bento onde a filosofia vigente é a do "agora amanho-me eu".
Ora, um protesto popular muito bem feito seria o deixar de pagar impostos, deixar de pagar aos bancos e deixar as urnas às moscas.
Façam as contas - com o que deixam de entregar em impostos, podem manter todos os serviços que reclamam!Com o que deixarem de pagar à banca - é que nós resgatamos o buraco que eles criaram com os activos tóxicos - podem viver condignamente.
Façamos Abril de novo, mas sem que o desmantelemos na demência partidária!
Tenho dito... lol